Algoritmo do TikTok recomenda automutilação

Mídia Digitais

O algoritmo de recomendação do TikTok envia conteúdo de automutilação e transtorno alimentar para adolescentes minutos depois que eles expressam interesse nos tópicos. O Center for Countering Digital Hate (CCDH) descobriu que o site de compartilhamento de vídeos promoverá conteúdo que inclui dietas perigosamente restritivas, conteúdo pró-automutilação e romantização do suicídio.

O CCDH testou o algoritmo do TikTok que recomenda conteúdo aos usuários. Em contas “padrão”, o conteúdo sobre suicídio seguiu em quase três minutos. O conteúdo da imagem corporal foi o mais prejudicial, com vídeos anunciando bebidas para perda de peso e cirurgia de “abdominoplastia”.

As contas vulneráveis ​​receberam 12 vezes mais recomendações de vídeos relacionados a automutilação e suicídio do que as contas padrão. O conteúdo recomendado foi mais extremo para contas vulneráveis, incluindo métodos de autoagressão e jovens discutindo planos de suicídio. Um porta-voz do TikTok, que pertence à empresa chinesa ByteDance e tem mais de 1 bilhão de usuários em todo o mundo, disse que o estudo não reflete a experiência da vida real dos usuários do TikTok.

Fonte/Crédito: The Guardian

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *